VOCÊ TEM MEDO DE FAZER CONCURSOS?

Tempo de leitura: 2 minutos

“Se você pensa que pode ou se pensa que não pode, de qualquer forma você está certo”- Henry Ford.

Inicio com esta citação, para começarmos a refletir que baseados naquilo em que acreditamos, sempre estaremos certo.

Insegurança, dúvida, medo durante a preparação para concurso são perfeitamente normais e comuns, afinal, antes de ser concurseiro, você é um ser humano, logo sempre temerá a algo.

O que não é normal, é a pessoa ficar paralisada pelo medo, devido ao seu excesso e falta de controle.

Muitas pessoas não iniciam sua preparação para o concurso que realmente almeja com MEDO de que por ser “difícil”, nunca conseguirá passar, e acaba direcionando seus estudos a concursos “trampolins”, sendo que muitas vezes se quer gostam das matérias destes concursos, ou se quer gostam da execução do trabalho neste cargo “trampolim”.

Outras pessoas, evitam viajar para fazer prova com MEDO de ser reprovada, quer seja porque iniciou seus estudos recentemente, quer seja porque não se sentem “preparadas“ para começar a fazer provas.

Isso tudo é uma faceta do medo, que pode ser vista como insegurança: Insegurança de pensar não ser capaz de passar em um concurso TOP, insegurança de não começar a fazer provas para não “colecionar reprovações“. Quer saber de uma coisa? Você está certo! Enquanto continuar com estes pensamentos, você estará certo no que tange a dificuldade do concurso dos seu sonhos ou de que você não deve começar a fazer provas. Lembre-se da citação inicial do texto: estamos certos, com base daquilo que acreditamos!

Por outro lado, se você quiser e se permitir, você pode mudar de perspectiva e mudar seu tipo de certeza. Como? Saiba usar o medo em favor de si mesmo!

Use o medo como combustível para enfrentar a vida. O importante é dominar o medo, usando-o ao seu favor.

Numa situação comum da vida, o medo nos proporciona aumento de adrenalina, e assim, ficamos mais alerta, prestamos mais atenção, olhamos mais os detalhes.

Pois então, no mundo dos concurso é a mesma coisa: use a adrenalina para seguir adiante, atice sua curiosidade e buscque novas técnicas de estudos (veja algumas técnicas utilizada pelo Gerson Aragão no seu e-book), tenha mais disciplina, se arrisque mais, se permita fazer provas, se permita a errar, não encare os erros como coleção de reprovação, mas sim, como tijolos que irão erguê-lo até sua aprovação.

Veja que o ponto chave não é você sentir medo, mas sim, o que você faz com ele. Não deixe que o medo te faça paralisar, retroceder, desistir daquele concurso que muitas vezes pode ser simplesmente sua VOCAÇÃO!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *