Relacionamentos e estudos

0
231

Temos tratado em alguns posts deste blog sobre a importância do equilíbrio na rotina do concurseiro. Isso porque os estudos para concursos públicos demandam meses e, geralmente, anos até que a pessoa seja finalmente aprovada e/ou nomeada.

Nesse sentido, é importante relembrar: sua vida não deve ser 100% dedicada aos concursos públicos. Tem de haver um equilíbrio: estudos, tempo de lazer e prática de esportes devem estar presentes na vida de todo concurseiro. É claro que é difícil existir um concurseiro ideal, que consegue balancear todos esses fatores.

A preparação para concursos públicos exige renúncias. Se a pessoa trabalha durante a semana, terá que diminuir ou abdicar de algumas atividades em prol de passar as noites estudando.

Uma das coisas que mais pesa nessa trajetória é o relacionamento com família, amigos e namorado(a)/noivo(a)/companheiro(a)/cônjuge. Assista abaixo como o Prof. Gerson Aragão lidou com essa dificuldade:

Note que o Prof. Gerson justamente buscou o equilíbrio entre rotina de estudos, prática de estudos e tempo pra lazer e namorar. Concurseiro não é de ferro e o descanso é necessário para que haja qualidade de vida durante o preparo para as provas.

É claro que nas últimas semanas antes da prova, o concurseiro pode (e até deve) aumentar o tempo de estudos e revisão, pedindo a compreensão daqueles que lhe querem bem, mas deve sempre respeitar os limites que seu corpo e suas emoções impõem. O homem é um ser social e não pode viver enclausurado; viva e conviva com outra pessoas!

Não se esqueça da letra da (bastante ouvida) música: “a vida é trem bala, parceiro, e a gente é só passageiro prestes a partir”.

Em suma: estude, mas não deixe de lado a convivência com família e amigos. Mesmo que eles não estudem para concursos, podem ajudá-lo moral e emocionalmente nessa jornada!

Aproveitamos para desejar um Feliz 2018 para todos!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here