Como usar marca-texto para estudar leis e códigos

Tempo de leitura: 6 minutos

Um dos recursos que é muito utilizado por quem estuda é marcar trechos importantes do que está sendo estudado. Isso facilita para depois, quando for necessário voltar ao mesmo assunto, saber que o que é realmente importante esteja marcado.

Por mais simples que possa parecer, utilizar marca-texto pode fazer uma diferença enorme para aprender rapidamente sobre o assunto que está estudando e também decorar o que for necessário.

Para estudar legislação, vale a mesma ideia. Você lê os textos recomendados, marca o que achar importante e depois quando for retomar os estudos pode olhar o que foi marcado para ter uma base do que precisa aprender de qualquer forma.

A técnica serve não apenas para marcar o que é interessante e depois ser identificado com mais facilidade, mas também para contextualizar o que foi anotado. Essa contextualização facilita muito a vida do estudante.

Uma dica é utilizar diversas cores para fazer as marcações. Assim para cada cor será um contexto diferente e você na hora já vai saber sobre o que é a anotação que está marcada. Você pode até pensar que anotações com canetas marca-texto não auxiliam na estética do livro, o que não deixa de ser verdade. Há também os que entendem que isso é uma forma de desrespeito ao autor. Mas cada um pensa de uma forma.

Utilizar de forma correta, sabendo a função e a importância de fazer isso, como voltar ao que é importante e contextualizar os conteúdos, certamente auxilia e muito para o aprendizado de quem está estudando. Sem contar que um autor também adoraria saber que uma pessoa foi aprovada em um concurso por ter usado o conteúdo do seu livro.

É importante também marcar apenas o que for extremamente importante para o tema que está estudando. Como nessa fase você vai ler muitos textos, certamente muito conteúdo será marcado. E quanto menos conteúdo marcado, mais fácil de estudar e memorizar o que for necessário.

As vezes podemos não resistir a qualquer frase ou tema que seja importante e já marcar, pensando que será útil para a revisão. Mas se começar a marcar praticamente tudo, quando for ver o livro ou o texto inteiro estarão rabiscados e assim não vai ser nenhuma vantagem usar marca-texto, já que será necessário ler praticamente tudo novamente. O marca-texto serve exatamente para marcar o que é indispensável do conteúdo.

Importância de voltar onde marcou

Quem utiliza o marca-texto de forma ideal, ou seja, sinalizando o que achou mais importante nos textos que está estudando, só terá vantagens para decorar e aprender os conteúdos. É uma forma fácil de estudar e que certamente te poupará muito tempo, já que o que será necessário ler novamente estará marcado. Assim não será necessário ler todos os textos novamente, o que além de cansativo é praticamente impossível de ser feito se você tem pouco tempo.
Além disso, marcar o que achou importante nos textos é fundamental para o assunto não ser esquecido tão rapidamente. A marcação serve para você poder voltar ao texto e fazer a revisão de forma mais rápida, facilitando o aprendizado e a leitura. Não adianta deixar o texto todo marcado e não voltar para olhar regularmente. Em uma semana mais de 80% do conteúdo que você estudou será esquecido e de nada terá adiantado o esforço.
Outra dica fundamental para tornar útil a marcação dos textos, é marcar de amarelo os artigos que forem mais cobrados em concursos. Dessa forma quando você voltar ao texto para revisar, os artigos que tem grandes chances de serem cobrados nos concursos estarão marcados, facilitando o seu estudo e revisão dos conteúdos necessários.

Grife as palavras que sejam importantes

Muito importante utilizar essa técnica. Pode até parecer que marcar uma palavra não vai fazer diferença diante de tantos textos e livros para serem lidos. Mas, na hora de fazer a revisão e aprimorar o estudo do conteúdo, aquelas palavras marcadas podem ser importantes não só para o contexto do que está sendo estudado, mas também para você lembrar porque marcou apenas uma palavra, qual a importância que ela tinha e no que pode ser útil o conteúdo que remete para aquela palavra.

Marcar apenas a palavra pode ser importante também para quem está estudando lembrar porque marcou apenas uma palavra e até acabar se lembrando de todo o resto do conteúdo que envolve aquela palavra que foi marcada.

Então se você não tem o costume de marcar somente palavras enquanto estuda, a dica é começar a fazer isso hoje mesmo. Claro que a ideia não é marcar qualquer palavra em qualquer frase. Enquanto estuda, é sua competência identificar quais palavras são realmente importantes de serem marcadas e se elas vão fazer você lembrar do conteúdo depois quando for olhar as marcações.

Só marque se for algo novo

Essa dica é básica para você que estuda bastante e tem pouco tempo para estudar e revisar os conteúdos. Com a grande quantidade de textos e livros que você lê para estudar para os concursos, muitos conteúdos serão parecidos ou dirão praticamente a mesma coisa, só que com palavras diferentes.

Dois autores podem ter opiniões parecidas e falarem sobre um tema específico e você encontrar isso nos textos deles. Claro que o assunto pode ser fundamental para estudar. Mas se todos os conteúdos que são um pouco parecidos você ficar marcando, pode ser que tenha muitas marcações desnecessárias e perca muito tempo em cima dessas marcações. Então se você perceber enquanto está lendo sobre algum tema que esse mesmo assunto já foi comentado por outro autor em outro texto e que os dois estejam falando praticamente a mesma coisa, lembre que não é necessário marcar novamente o que está escrito, por mais que seja muito importante. Isso vai evitar que você estude temas repetitivos na hora da revisão e também fará com que o estudo tenha maior rendimento. Assim fica mais fácil estudar mais em menos tempo.

E também lembre-se sempre de marcar somente o que for indispensável para o conteúdo que está aprendendo. Se qualquer palavra ou frase que achar importante for marcada, depois na hora da revisão praticamente o livro inteiro precisará ser lido novamente.

Espero que você utilize as dicas desse texto e estude da melhor forma possível. Minha intenção é te ajudar a estudar e conseguir o seu objetivo. Então utilize essas técnicas para aprimorar seus estudos e assim aproveitar melhor seu tempo para estudar e aprender o máximo de conteúdos que for necessário e fazer o seu tempo de estudo valer a pena.

4 Comentários

  1. Caroline Guerreiro

    Olá ,Boa tarde. gostaria de saber quando vai ser a turma fechada para poder entender como funciona as dicas . Obrigada . Tenho interesse em fazer.

    Responder
  2. Jéssica de Melo

    Prezado professor,

    Ao obter excelentes dicas e informações do seu método de aprovação, fiquei curiosa para saber se existe algum curso que disponibilize? Se sim, gostaria de saber a data do próximo para ficar “antenada” !!
    Grande abraço!

    Jéssica de Melo.

    Responder
  3. Livia Pereira Carvalho

    Boa tarde!

    Tenha uma dúvida, sou engenheira e estou começando a estudar para concursos. Porém, não tenho conhecimento nenhum de Direito e acredito que para fazer o edital sintetizado eu necessite pelo menos de um conhecimento superficial da matéria para saber interpretar as questões e entender de que assunto se trata. Estou fazendo cursinho há 1 mês para pelo menos saber quais são as matérias e entender um pouco do que é o Direito para depois estudar sozinha. O cursinho tem duração de 6 meses, para fazer o edital sintetizado seria melhor eu finalizar esse cursinho?

    Obrigada

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *