Como criar uma base de estudos para concursos

Tempo de leitura: 2 minutos

Em toda matéria de concursos públicos, existem alguns assuntos que são os principais, os mais básicos, sendo que os demais temas surgem deles ou neles se baseiam. Por exemplo, a Teoria Geral do Crime e da Pena, em Direito Penal, os Princípios e Poderes, em Direito Administrativo.

Dessa forma, mesmo que, em seu edital sintetizado, eventualmente possam cair mais questões sobre outro tema naquela matéria, é importante que, antes, você adquira uma boa base sobre a matéria em geral. Essa regra é mais importante ainda nos casos em que o candidato deverá fazer provas subjetivas e orais, que demandam um maior aprofundamento dos temas.

Nesse sentido, assista abaixo esse vídeo curtinho do Prof. Gerson Aragão:

Assim, se você está iniciando seus estudos em concurso público ou está batendo constantemente “na trave”, é importante que comece seus estudos, primeiramente, focando nas principais matérias de seu concurso e, dentro delas, dos tópicos iniciais. Em Direito, geralmente é muito importante ter um bom conhecimento sobre os princípios da matéria, que não somente caem bastante em prova, como também servem de fundamento para os demais temas. Vamos dar um exemplo pra esclarecer: o princípio administrativo da moralidade é um dos principais fundamentos para a criação e aplicação da Lei de Improbidade Administrativa (Lei 8.429/1992). Assim, mesmo que decore todas aquelas hipóteses de aplicação da referida lei, se não tiver um conhecimento aprofundado da aplicação do princípio da moralidade, você pode se perder um pouco no assunto.

Da mesma forma, quando fazemos uma introdução em uma questão dissertativa, geralmente nos voltamos aos princípios básicos e ao texto constitucional que fundamentam a aplicação daquele tema jurídico.

Da mesma forma em matérias que não sejam jurídicas. Você pode se atrapalhar em calcular progressão geométrica, sem antes ter estudado progressão aritmética. Pode ficar perdido em Contabilidade Avançada se não tiver compreendido a Contabilidade Geral.

Em suma: não vá com tanta sede ao pote. Seja humilde em reconhecer o desconhecimento total ou parcial da matéria e estude com garra os conhecimentos básicos dela, formando uma boa base para, aos poucos, expandir para os outros temas e matérias menores.

Fazendo assim, será muito mais fácil a sua caminhada!

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *