Equipe do Método

3 minutos Uma das coisas que todo estudante odeia é ter de voltar a estudar um assunto que já havia visto, porque simplesmente esqueceu tudo ou quase tudo sobre aquele conteúdo. Isso acontece se você tem de lembrar uma fórmula matemática, manter o vocabulário de uma língua estrangeira fresco na memória e, no caso de quem faz concursos públicos, lembrar conceitos, classificações e (as odiáveis) exceções. Um estudo de qualidade, portanto, deve ser aquele em que se evita esse retrabalho, pois se perdem horas Continue lendo

4 minutos Nesse cenário de crise econômica por que passa o Brasil, a estabilidade garantida aos servidores públicos chama cada vez mais atenção das pessoas para se prepararem para concursos públicos. A cada ano, a concorrência nas provas aumenta e isso angustia muitos candidatos, alguns se sentindo paralisados e impotentes pensando que nunca passarão. É importante que haja alguma atenção sobre essa estatística, mas ela não deve ser – de longe – sua principal preocupação. A análise da concorrência é necessária quando da escolha Continue lendo

2 minutos Qual concurseiro não se pega, de vez em quando (ou até com maior frequência), com aquela preguiça em estudar? Ah, e se levantam várias justificativas: dormiu pouco/muito no dia anterior, matéria/concurso difícil, compromissos pessoais, foi dar uma olhada rápida na TV ou no computador e, de repente, terminou de assistir uma temporada completa daquele seriado…. Enfim, isso realmente justifica a preguiça em estudar? Assim como realmente só emagrece quem decide mudar seu estilo de vida e hábitos alimentares, um concurseiro só passa Continue lendo

4 minutos Uma das principais angústias de todo concurseiro é saber qual a quantidade ideal de horas de estudo pra se passar em concurso. Gente, isso é balela! E nos inspirando na série do momento, listamos abaixo 13 razões pra você deixar pra lá essa preocupação: 1) Cada estudante tem disponibilidade de tempo diferente: é comum que se pergunte a aprovados quanto tempo estudavam por dia. Isso é irrelevante, dentre outras razões abaixo listadas, quando você tem uma disponibilidade de tempo distinta do colega Continue lendo

2 minutos Todo mundo sabe que pra fixar melhor o conteúdo estudado, um bom resumo é peça chave! E o melhor resumo não é o que os outros fazem, mas o seu próprio. Isso porque quando se faz as próprias anotações do conteúdo, cria-se uma relação de intimidade com ele. Por exemplo: você se lembra do exemplo engraçado dado pelo professor; daquela jurisprudência que estudou anteontem, do mnemônico que aprendeu resolvendo aquela questão. Um bom resumo, além de feito pelo próprio concurseiro, deve ser, Continue lendo

3 minutos É bastante comum que muitos concurseiros, sejam iniciantes, sejam aqueles que já estão há algum tempo estudando, façam cursinhos preparatórios, que podem ser presenciais, telepresenciais ou até online. Quanto a que plataforma de curso você optará, trata-se de uma escolha pessoal que deve ser bem ponderada. Por exemplo, um curso presencial permite maior proximidade do professor e aulas que acompanham o ritmo do aluno, por outro lado pode não ser tão organizado quanto ao cumprimento da carga horária. Um curso telepresencial pode Continue lendo

3 minutos Além de cobrarem doutrina, legislação e súmulas, alguns concursos exigem também do candidato o conhecimento dos informativos de jurisprudência dos tribunais, que basicamente são resumos do que foi julgado pelo STF, STJ, TST, TSE e, mais raramente, tribunais estaduais e regionais. Em regra, concursos para técnico e analista de tribunal, Ministério Público e Defensoria Pública não exigem o conhecimento desses informativos, muitas vezes visto como “doutrina” quando do estudo de livros, sinopses ou resumos. Por outro lado, os bacharéis em Direito que Continue lendo

2 minutos Súmulas são o entendimento consolidado dos tribunais (STF, STJ, TST, TSE etc) ou de um determinado órgão público (como a Advocacia Geral da União) sobre a interpretação das normas jurídicas (Constituição, leis, decretos etc). A depender do cargo a que se candidata, o concurseiro deverá dar especial atenção ao estudo das súmulas. Num primeiro momento, tanto para quem faz concursos para técnico e analista, quanto para carreiras jurídicas, a simples memorização dos enunciados de súmula é suficiente. Isso porque, na maioria das Continue lendo

4 minutos A grande maioria dos concurseiros tem grande dificuldade em fazer a leitura de legislação para provas – a famosa “lei seca”. Abaixo listamos algumas dicas baseadas neste vídeo de dicas do Método de Aprovação:   Vamos lá!   1) Análise de provas anteriores Pegue provas passadas do cargo almejado e da mesma banca que conduzirá o certame. Não as resolva, mas as leia e procure na legislação os temas abordados. Por exemplo, a questão tratou sobre os órgãos componentes do Poder Judiciário Continue lendo

5 minutos Uma das grandes preocupações de todo candidato é se conseguirá fazer a prova do concurso público a tempo de responder todas as questões e preencher a folha de resposta sem entrar em desespero. Vejamos algumas dicas pra evitar que você se prejudique pela má gestão do tempo durante a prova:   1) Faça treinos com provas passadas ou simulados oferecidos por cursinhos Essa é uma das principais e mais importantes dicas. Imprima uma prova passada do cargo a que quer se submeter Continue lendo