Acertei Muitas Questões e Fui Reprovado

0
159

Temos dado várias dicas aqui sobre o processo de preparação para concursos rumo à aprovação, mas um detalhe interessante deve fazer parte da construção de sua estratégia de estudos: a nota de corte.

Nesse sentido, assista a este vídeo do Prof. Gerson Aragão:

A importância da nota de corte está presente não só para a aprovação em si no concurso, mas também para que você estabeleça um período de tempo suficiente para esgotar os conteúdos de maior incidência em cada matéria.

Queremos dizer aqui que, se para passar para analista de TRT a nota de corte é de cerca de 80%, isso quer dizer que você não poderá se aventurar em fazer provas para esse cargo só com três meses de estudo.

No vídeo acima, o Gerson dá uma grande dica: verifique como tem sido a nota de corte nos concursos para o cargo almejado nos últimos doze meses, calculando uma média de todas as notas. Ex. Promotor de Justiça – 70%.

Uma vez verificada essa média geral, busque resolver muitas questões, checando seu rendimento e tendo por meta um aproveitamento de 10 a 15% superior a essa média.

Pode parecer uma meta irreal, mas é importantíssimo que você se dedique a ter o maior rendimento possível, inclusive voltando às questões que você errou para saber os motivos do seu erro e tentar resolvê-las novamente depois: se errar de novo, isso quer dizer que o assunto não ficou consolidado na sua memória.

Lembre-se, por fim, que nos concursos com mais de uma fase, não basta ter tirado uma excelente nota na prova objetiva se você não for bem na redação, no teste físico, na prova de prática processual e na prova oral. Para essas outras etapas, há diferentes nuances de preparação, mas sempre é bom que se comece a preparar para elas antes mesmo do resultado das provas objetivas, ok?

Até a próxima dica!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here